Grupo de Estudo Aion

O Grupo Aion – Estudos junguianos

Em 2012, após um período de docência no ensino superior em Cachoeiro, onde me via insatisfeito por não poder desenvolver atividades vinculadas a psicologia analítica. Deixei a docência e decidi abrir  um grupo de estudos junguianos. Assim, em 02 de agosto de 2012, numa quinta-feira, teve o inicio Grupo de Estudos denominado como “Panorama da Psicologia Analítica”, que era um nome provisório. que na verdade nem foi oficialmente utilizado, sendo chamado “Grupo da Quinta”.

Na verdade, o grupo era um grupo provisório, pensado com um programa de leituras e um termino, e assim foi, até que 9 de abril de 2013, adotamos o nome Aion, com a seguinte descrição em nosso grupo privado no facebook

AION – é uma das faces do tempo para os gregos. Se referindo ao tempo sem passado e sem futuro, o tempo eterno, o tempo do Sagrado. Na internet encontramos a seguinte descrição “O tempo em Aion reclama nossa entrega e rendição, a admissão de nossa finitude. Nele, a duração de nossas vidas é comparada a um vapor, a uma pequenina flor que pela manhã floresce e ao final da tarde voa no vento. Aion exige humildade: agradecer a oportunidade de entrar na existência e encarar a aventura de viver um privilégio, como gota que se alegra em participar do mar. Em Aion, alcançamos a dimensão do eterno, da finalidade da expansão, da justa medida imprecisa entre a imanência e a transcendência. Porque este é o “não tempo”. E “não tempo” também é tempo. Imensurável. Tempo do pra sempre.” (essa descrição está sem fonte na internet)

Assim, gradativamente o “Grupo Aion – Estudos Junguianos” foi assumindo sua identidade como um grupo permanente e orientado pela escola junguiana clássica, mas, sempre dialogando  com as demais escolas junguianas assim como os paradigmas mais atuais.
.
O grupo iniciou com 6 membros e chegou  a ter 13 membros ativos. Ao longo de quase 4 anos cerca de 21 pessoas integraram o Aion, outras 7 tiveram uma passagem rápida pelo Aion. Dos membros do Aion, destacam-se as psicólogas Raíssa Rodrigues Módulo e Lília Lavor Barbosa Bezerra  que integram o Aion desde sua formação original q se configurou efetivamente em setembro de 2012.
.
No final 2015, por uma série de fatores como, o grupo passou por uma divisão para tentar direcionar os estudos, dando origem ao Grupo Arkhé, após um período de experiência, verificamos que a divisão não atingiu seu objetivo, desta forma, em junho de 2016, reintegramos o Arkhé ao Aion, mudando apenas o dia de encontro do grupo, que passou a ser às Segundas-feiras.
 .
A ideia do Aion é possibilitar a troca e a experiência dos conceitos.

O grupo tem um direcionamento voltado especialmente para psicólogos/estudantes de psicologia.

Os encontros ocorrem na segundas-feiras De 19:30h as 21:00

Valor Mensal: 80 Reais.

São 10 vagas.

Metodologia :  O grupo funcionará seguindo o seguinte processo : Os textos serão lidos individualmente em casa. No encontro será realizado uma exposição/apresentação pelo coordenador do grupo, após  a qual será discutido e as dúvidas serão tiradas

Público alvo: Psicólogos e estudantes de psicologia.

Informações: 027- 993166985 / 32358293

Local: Av. Nossa Senhora da Penha, Ed. Royal Center, Sala 601, Santa Lucia, Vitória-ES.

Email:fabriciomoraes@psicologiaanalitica.com

Inscrições: Preencha a ficha abaixo que entraremos em contato.

Vagas: 10 vagas (Ainda temos vagas!)

Coordenação: Fabricio F. Moraes – CRP 16/1257

Formado em Psicologia na Universidade Federal do Espirito Santo(2003), desde então atua na prática clínica de orientação junguiana, fazendo especialização em “Psicologia Clínica e da Família” pela Faculdade Saberes/ES(2007) e em “Teoria e Prática Junguiana” pela Universidade Veiga de Almeida/RJ (2008). É coordenador do “Grupo de Estudos Aion – Estudos Junguianos”, em Vitória/ES desde 2012. Membro da Internation Association for Jungian Studies (IAJS). Com experiência com docência em ensino superior (graduação e pós-graduação). Responsável pelo Site Jung no Espirito Santo.

Segue a orientação Clássica da junguiana com mais de 15 anos de estudos em psicologia analítica.

Coautor do Capitulo “Vida Simbólica: Considerações sobre a Religiosidade no Projeto Saúde-Doença” In: Jung e Saúde: Temas Contemporâneos. (Org.) Sandra Amorim e Fernanda Aprille Bilotta. 1ed. São Paulo: Paco Editorial, 2014.

Atende adolescentes e adultos e realiza supervisão clínica na abordagem junguiana.